Olhares sócio-antropológicos sobre Filmes, textos, artigos, livros, documentários,..

Amo cinema e vejo nos filmes inúmeras oportunidades de refletirmos sobre a vida, sobre temas diversos que nos tocam de maneiras diferentes, a partir de nossas grades de leitura e nossas vivências.
Assim, faremos neste primeiro momento reflexões sobre filmes, documentários que assisti e partilhei com meus colegas de sala (educandos) e outros que assisti em momentos de lazer criativo e produtivo. E, em um segundo momento farei comentários de livros, textos, artigos, enfim, o que li e como apreendi o lido, e os frutos de minha vivência, do meu dia-a-dia, do meu vivido também. Tudo isto será partilhado aqui com cada um de vocês!!

Boa Leitura!!

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Ser Feliz é a ausência de Tristeza? (por mim, Marcia Adriana L. Oliveira)

Ser Feliz é a ausência de tristeza? Não. 

Ser feliz é apenas reconhecer que nem tudo é possível de se ter, ou fazer, mas que cada pequena conquista, cada realização, cada gratidão pela vida, pelo ar que se respira, pelo alimento, pela habitação, pela vestimenta, pelo transporte, pela sabedoria para mantermos elevado os niveis de saúde de nosso corpo, de nossa mente, são motivos para a nossa felicidade, que vem da Gratidão!

Ser feliz também para mim é interagir com o outro, é conversar, é aprender, é partilhar conhecimento, é trocar ideias, é cantar, é tocar violino, é dançar, é cozinhar, é estar com meus familiares, amigos, amigas, é uma visita agradável, é ir visitar pessoas que são importantes para mim e, principalmente, ser feliz é poder ajudar quem está a minha volta também. 

Ser feliz é meu trabalho, amo o que faço! Enfim, não se tem tristeza? Bem, tem sim, mas os pontos de alegria e realização são tão fortes, que basta sair na rua, no sol, levantar os braços e sentir os raios de sol na palma de minha mão, que sinto Deus me abraçar carinhosamente e dizer:"Filha, você é tão importante pra mim! Você vai conseguir!" E, um sorriso volta a brilhar no rosto!!! Por isso, entreguem-se aos momentos abençoados de felicidade, e agradeçam sempre e sempre por tudo! Porque só o fato de estarmos vivos, já é uma grande graça e motivo de grande alegria, de grande Felicidade!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário